quinta-feira, 26 de abril de 2012

Um ano de luz!

Há um ano atrás eu escrevi as primeiras linhas desse blog aqui.
E vocês vão estranhar quando eu disser que meu primeiro texto não foi publicado. Não por vergonha ou porque eu não sabia o que escrever, e sim porque falava de uma fase muito difícil da minha vida. Eu recém tinha perdido um bebê e ainda estava juntando meus pedaços. Mas não gosto de chorar minhas pitangas por aí, por isso, arquivei.
Mas por que cargas dágua uma pessoa que está triste faz um blog cheio de prosa, como o meu?
Simples meu bem, eu queria pensar em coisas boas. Eu precisava pensar. E fiz disso um exercício diário, como uma terapia barata (mas muito, muito eficaz).
 Por isso também evitei, como em alguns blogs, escrever tudo o que acontecia em meu dia...e embora tenha sido questionada sobre os conteúdos desse meu diário virtual, aos poucos fui descobrindo que nem todo mundo segue um padrão, e que eu poderia sim escrever o que me desse na telha. Nada de regras ou de obrigações, tudo leve como a vida deve ser.
Minha alma é feliz, e quando tropeço, choro que me acabo, mas depois, fico feliz de novo porque acredito mesmo que nessa vida tudo tem um porque. Além disso, não tenho a pretenção de saber todas as respostas. Então, deixo que Deus cuide de tudo por mim.
Não é uma auto-análise que estou tentando fazer, mas dizer o que veio depois disso.
 Veio amizade. Virtual, mas real.
 Sim meninas, vocês existem. E sem saber, cada comentário deixado assim, só por deixar, me fez um bem danado.  Minha alma também é carente...rs.
 E depois disso, veio o interesse em coisas novas. Nunca fiz curso de nada manual,  moro em uma cidade que não oferece muitas opções nesse sentido, mas tenho me interessado seriamente pelo assunto, e de uns tempos pra cá tenho feito umas coisinhas bem fofas.
Comprei pincel e tinta e saí pintando umas coisas aqui em casa. Uso muitas dicas de vocês, muita inspiração também.
E agora, quero comprar uma máquina de costura. Não pretendo virar uma grande artista (apesar de levar jeito e esperar ser descoberta por um olheiro de artesanato...rs)  mas minha casa ficou mais fofa depois daqui. E minhas comidinhas...ai, ai...muito mais frufrus na minha mesa! 
E assim, quero agradecer a companhia de vocês, blogueiras e amigas queridas, que fazem dessa janela um espaço do bem, de lindas imagens, de bons papos e mensagens carinhosas.
 Quando coloco Pedro pra dormir, tomo banho, como e deito aqui com meu not, me sinto assim como nessa imagem abaixo...fazendo nada entre amigas. E isso é muito bom e único.
Bjks minhas flores.

OBRIGADA POR FAZEREM PARTE DESSA REDE!!!

2 comentários:

Bia Galvão disse...

Dani, parabéns pelo 1 ano de blog. Saiba q a recíproca é verdadeira. Sempre é bom conhecer pessoas mesmo q virtuais, aprender. Tb aprendi bastante aqui na blogesfera.
bjsjsjs querida

Mara Lucia Bechara disse...

Que lindo Dani,adorei o texto,eu acho que o blog é uma documentação que fazemos ,e querendo ou não colocamos um pouco de nossa personalidade neles....e também acabamos contando coisas de nossas vidas...
Parabéns pelo 1 ano de vida.....
bjjss meu cachixó