quarta-feira, 27 de junho de 2012


Quero lençol bagunçado, café na cama, cortinas bem abertas. Quero abraço apertado, mordida na bochecha, beijo demorado. Quero banco do passageiro ocupado, cinemas às quatro, tempo para nós dois. Quero seu riso estampado, seu cheiro espalhado, nossa música na rádio. Quero pintar nossa casa da mesma cor do nosso laço, colar você no meu abraço, fazer amor. Quero sussurrar no teu ouvido, ouvir seu pior ruido, que você seja meu livro mais lido. Quero, acima disso tudo, você numa sexta feira a tarde sem preocupações, nós a sós, dividindo nossas vidas em uma só.

(Pedro Cabral)  

2 comentários:

RetroMomentos disse...

Ah, adorei!!!! Bjuss

Ana Virgínia disse...

coisa gostosa esse post.

filhadejose.blogspot.com
ana virgínia